26
Mai 13

A LENDA DO GALO DE BARCELOS

O cruzeiro quatrocentista que faz parte do espólio do Museu de Arqueologia da cidade de Barcelos, anda associado a uma curiosa lenda do galo. Segundo a sua narração, os naturais do burgo, andavam alarmados com um crime cometido na cidade e ainda mais por não se ter descoberto o criminoso.

Certo dia apareceu por aquelas bandas um galego de aspecto suspeito As autoridades decidiram prendê-lo e, apesar de todas as suas afirmações,  testemunhos e juramentos da sua inocência, não o acreditaram. Nada fazia crer aos investigadores que o homem se dirigia em peregrinação a Santiago de Compostela, cumprindo uma promessa como fervoroso devoto do Santo que em Compostela se venera assim como a São Paulo e Nossa Senhora. Porque não conseguiu convencer os juízes da sua inocência, foi condenado a forca.

Antes de ser enforcado solicitou fosse levado perante o juiz que o  condenara. Concedida a autorização, levaram-no ao magistrado, que nesse momento estava num grande banquete com alguns amigos. Então na sua presença o galego voltou a afirmar a sua inocência e ante a incredulidade dos presentes, indicando uma travessa com um galo assado, que estava sobre a mesa, exclamou: “É tão certo que sou inocente, como vos asseguro que esse galo cantará, quando me enforquem”.

Risos e comentários não se fizeram esperar, e por isso ninguém tocou no galo. No entanto o que parecia impossível se converteu num instante em realidade! Quando o peregrino estava a ser enforcado, o galo assado se levantou da mesa e cantou. Assim nada se devia duvidar da sua inocência. O juiz correu até junto da forca e mandou suspender a sentença e o mandou em Paz.

Passados anos voltou a Barcelos e fez levantar um monumento em honra da Virgem e de Santiago.

Obs- Cara Amiga. Como me pediu, eis a lenda do galo de Barcelos

Fevereiro – 2013     LUÍS COSTA

publicado por Varziano às 14:48

Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2013

2012

2011

2010

2009

2008

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO